Poe



Há 165 anos, morria Edgar Allan Poe. Com 40 anos, o escritor foi encontrado sem vida em Baltimore (situada no estado de Maryland, EUA); até hoje, não se sabe precisamente o que levou-o à morte, especulam-se atribuições a fatores como álcool, drogas, doenças cardíacas, suicídio, tuberculose, entre outros. É com certo pesar que escrevo isso, principalmente pela história de vida desse cara, que se dedicara a literatura e a crítica literária (embora tivesse meio que "copiado" em dadas circunstâncias certos textos alheios) e só teve seu trabalho reconhecido posteriormente. Comecei a ler seus contos quando tinha uns doze anos, e eles me fascinaram de tal forma que nunca mais consegui parar de lê-los. 
Já publiquei, aqui no blog, um conto dele: O gato preto.
Sinta-se a vontade para lê-lo, peço, em especial, que o faça em memória ao grande escritor que foi o Poe. 


4 comentários:

  1. Boa tarde Lim!
    Hoje você falou de um assunto que desconheço em partes. Sempre ouvi falar desse autor mas nunca tive oportunidade de lê-lo. Uma vez ouvi comentários de um autor muito famoso que escrevia em especial contos de terror, seria o mesmo?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, o Poe foi um dos autores que deram início à prosa gótica na literatura, com contos que falam de catalepsia até outros que abordam investigações policiais, e também destacou-se na poesia (tendo como poema mais clássico intitulado como "O Corvo"). Levando em consideração a produção literária dele como um todo, dá pra classificá-lo entre as escolas literárias do Realismo e do Ultrarromantismo (a primeira devido a abordagem mais crítica que ele fornece aos personagens, principalmente aos dos contos mais ligados à investigação; e a segunda devido à carga pessimista, soturna e de mistério de muitos de seus contos).

      Excluir
    2. Não sei se vai ficar feliz em ouvir isso,mas criei coragem para baixar uns PDFs e ler.
      Ontem eu chamei o pessoal pra ir para o chat do meu blog e conheci um cara que também adora Allan Poe, eu então fui adentrando ao assunto e senti um impulso em ler.
      Bem assim que eu tiver um tempinho para ler eu te conto o que eu achei!

      Excluir
    3. Fico feliz em ver que você se interessou pela leitura das obras do Poe!
      Aguardo sua opinião sobre os contos/poemas!

      Excluir