Eita

Atenta
Ok, não sei mais como fazer isso. 

Comecei a seguir com esse blog quando tinha uns 16 anos e umas coisas mudaram bastante de lá pra cá. Outras, nem tanto. Entre pausas e continuidades, parei de postar, de fato, por volta de 2016 (fui até conferir a data, não lembrava mais - ressalto minha péssima memória aqui). Vez ou outra batia a vontade de escrever, mas era quase sempre deixada de lado (excetuando as vezes em que até cheguei a fazer algumas postagens, mas acabei as deixando em rascunho), porém agora parece um momento convidativo - finalmente chegou o final de um semestre muito estressante na faculdade; algumas notas ainda não saíram, mas as aulas já foram encerradas.

Reler os posts por aqui me fez pensar que, em geral, ainda gosto das mesmas coisas e penso um tanto diferente em relação a outras, assim como resultou em várias postagens revertidas para rascunho (vergonha alheia intensifies, socorrinho). Também me fez implicar com certos pontos desse template (btw, eu estava fazendo outro e acabei parando por motivos de: provastrabalhosatividadesprojetosfinaissemináriosmeudeusssocorroaaaaaaaaaa). Enfim. Foi um semestre bastante produtivo, apesar da correria. Até consegui prosseguir com meu portfólio, já é um milagre.

Nesse meio tempo, iniciei uma nova graduação e tranquei a anterior, fiz alguns cursos voltados para HTML/CSS, treinei mais meu traço, passei raiva sendo bolsista de TI (foi um período legal, apesar dos pesares), procurei estudar coisas que gosto (inclusive vi que dava pra trabalhar essas coisas dentro de projetos da faculdade e fiquei surpresa), aprendi a me virar melhor sozinha, me tornei uma notívaga de verdade, passei a beber mais café (e a detestar chá), costurei muitos caderninhos (e pretendo fazer mais alguns), penei para fazer joias (mas até que deu certo), conheci novos livros e filmes (ainda que esteja lendo bem menos do que antes, não me orgulho nada disso), compreendi que não gosto de acompanhar séries (salvo poucas exceções), aprendi a administrar melhor meu tempo (anoto tudo que devo fazer num caderninho - amém, caderninho), adotei um gato (mesmo tendo alergia), aprendi a mexer nuns softwares maneiros (Rhinoceros <3), além de outros pontos que não lembro. Ah, acho que tô mais chata do que antes. 

Ainda não gosto de escrever em primeira pessoa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário