Animes #1: Hellsing



Sinceramente? Um dos animes mais loucos e mais legais que já tive a oportunidade de assistir; falo pelos OVA's, o anime deixa a desejar se comparado ao conteúdo do mangá, mas a história é muito bem estruturada, merece ser acompanhada, e a trilha sonora é um show à parte. O enredo prende bastante ao espectador, e os traços são bons, mas para quem tem estômago sensível, e não curta muito cenas, digamos, sanguinolentas, não seria tão recomendado assim. Sir Alucard incorpora exatamente o oposto do o conceito de vampiro segundo dona Stephenie Meyer (como uma criatura que brilha no sol e afins), restituindo a figura de vampiro ilustre trazida por autores clássicos como Bran Stoker e Mary Shelley: como um verdadeiro monstro, capaz de matar a milhares impiedosamente. Vale a pena conferir.




De Kouta Hirano, é um seinen, que envolve todo um contexto de consirações, regado por muita ação.
A trama é desenrolada na Inglaterra, onde a Ordem Real dos Cavaleiros Protestantes - a Hellsing -, tem a tarefa de proteger o país de ameaças de criaturas das trevas. A organização, que possui como fundadores os membros da família Hellsing, tem como líder Sir Integra Fairbook Wingates Hellsing,que, por sua vez, detém o mordomo Walter C. Dornez, a recém-chegada Celas Victoria, e o genuíno vampiro Alucard como seus subordinados. O enredo consiste em acirradas desavenças entre os protestantes (Hellsing) e os católicos da seção XIII do vaticano (Organização Iscariot), acrescidos de um outro grupo rival desde tempos de outrora: grupo Millenium, causador da crise que assolara o território: eram eles os criadores de vampiros artificiais.
Lembre-se: não há um lado certo e um errado, mas sim o confronto de ideais entre conjuntos distintos e suas consequências, então não adianta sair arrumando encrenca por aí devido a questões religiosas ou conceituais expostas no anime. Deve-se encarar o conteúdo do mesmo com um olhar mais atento, crítico e maduro.
Creio que vocês já devam ter percebido que Alucard forma, com sua escrita invertida, o nome Drácula. É, ele é realmente o conde. Existe uma relação entre o anime e o personagem de Stoker, em que Hirano dá vida a sua versão de Drácula, englobando fatos que acontecem anterior e posteriormente ao período em que o livro retrata, embora hajam certas diferenças (para que já leu o livro de Stoker, fica bem mais fácil reconhecer as alusões que Hirano faz à obra). Ainda na obra de Stoker há um personagem denominado Abraham Van Helsing, o cara que realmente possibilita que a caçada ao vampiro seja promissora. Em paralelo, a família Hellsing também elimina criaturas sobrenaturais; em especial, vampiros. O livro teve seu lançamento em 1897, e o mangá em 1997 , e, de acordo com contexto histórico do mangá, a organização Hellsing foi criada há mais de cem anos em Londres, cidade onde ambienta-se também o livro. Coincidência?



Aqui vão alguns dos personagens:


Integra Fairbook

Celas Victoria

Walter C. Dornez

Alucard

2 comentários:

  1. sou apaixonada por esses ovas de hellsing, adoro o alucard,ele é muito foda,é o melhor vamp dos animes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O Alucard é incrível! Eu também gosto bastante dele :)

      Excluir